Logo
Blog
Vinhos do Beaujolais
GG

Vinho do Beaujolais

No extremo sul da Bourgogne, o vinhedo do Beaujolais, onde a variedade Gamay predomina, produz vinhos tintos coloridos e frutados.

Além das apelações Beaujolais e Beaujolais Villages, dez zonas de produção se destacasm em “Crus”, com mais de 6.200 hectares de vinhedo (do sul subindo para o Norte): Brouilly, Cénas, Chiroubles, Côte- de-Brouilly, Fleurie, Juliénas, Morgon, Moulin-à-Vent, Régnié, Saint-Amour. 85% do vinhedo é plantado em Gamay, pouco vigoroso, mas produtivo, adaptado a rendimentos entre 45 e 60 hl/há, isso devido essencialmente aos solos graníticos vulcânicos magros e ácidos. . Em Chiroubles ou Fleurie a videira cresce a mais de 400 metros d’altitude. Mais oceânico, o clima e marcado pelas influências mediterrâneas no verão, e o frio continental no inverno, de onde vem a diferença térmica importante para o equilíbrio das safras.

Os vinhos e vinificações do Beaujolais.

Encontramos no Beaujolais duas estratégias de vinificação: A prática tradicional, permitindo de preservar frutas e maciez, em no máximo 12 dias de fermentação em grão inteiros, combinando a uma maceração carbônica (maceração interna ao grão), e em caso aleatório, uma imersão permanente do chapéu via “remontagens”; a vinificação a Bourgogne que permita obter taninos sem algumas agressividades, seja uma colheita desengaçada e uma maceração prolongada de 25 dias ou mais.

   Dentro dos vinhos do Beaujolais mais relembrados, aqueles do Moulin-à-vent apresentam uma fina textura particular devido ao granito de seus solos. Em Morgon, os chistes dão vinhos coloridos, relativamente encorpados considerando a região, com aromas de alcaçuz. Do lado das Côte de Brouilly, a mineralidade é geralmente bem marcada, enquanto Fleurie produz vinhos frutados, elegantes e de boa guarda. Enfim em Saint-Amour, o terroir do “Trias” dá vinhos relativamente apimentados, quando o vinhedo de Chiroubles, plantado acima de 400 metros d’altitude, produz vinhos frutados podendo envelhecer alguns anos.

Em paralelo dos deis “Crus” do vinhedo, o Beaujolais produz igualmente um vinho “primeur” conhecido no mundo inteiro: O Beaujolais Nouveau. Ele entra em distribuição na terceira quinta-feira do mês de Novembro, sua chegada é uma festa popular dos amadores de vinhos de vários países.

Categories: ,
Contatos

Gregoire Gaumont

Me ligue

+55 61 8111.1007

Agende uma visita

Brasília-DF